Sexta-feira
22 de Novembro de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acessar seu processo.

Notícias

Joel da Harpa repudia fechamento de associação de militares na Bahia

O fechamento das sedes da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares e seus Familiares (Aspra) na Bahia, ocorrido na manhã desta quarta (16) por ordem judicial, recebeu críticas do deputado estadual Joel da Harpa (PP) na Reunião Plenária. O parlamentar pernambucano ainda cobrou esclarecimentos para o ataque a tiros ao carro de um policial militar nas proximidades da Aspra de Salvador. A paralisação teve início no último dia 8. “Na Bahia, os policiais militares decretaram greve por conta da truculência demonstrada pelo Governo Estadual. Daí, na madrugada desta quarta, integrantes da Aspra sofrem um atentado a tiros, a sede da Associação é invadida por policiais e fechada”, relatou Joel da Harpa.  Segundo ele, a ação foi solicitada pelo Ministério Público da Bahia (MPBA) e executada com apoio das Polícias Militar e Civil. “Queremos que sejam dadas explicações. A entidade é juridicamente legalizada e tem todo o direito de representar os agentes. Precisamos que o Estado Democrático de Direito seja garantido para os policiais”, declarou o deputado.  “Também pedimos que a Polícia Civil baiana esclareça o atentado”, prosseguiu. No momento em que o tiro foi disparado, um PM e um motorista ocupavam o veículo. Eles não foram atingidos, mas sofreram ferimentos leves. De acordo com Joel da Harpa, seguindo o automóvel, estava um carro com o deputado estadual Marco Prisco (PSC-BA), que atua como liderança dos policiais que organizam a paralisação. “Declaro aqui todo o meu apoio ao deputado Marco Prisco, e gostaria de chamar atenção para o Governo Federal, pois já é o momento de ele se posicionar sobre o que está ocorrendo na Bahia”, prosseguiu. O parlamentar registrou, ainda, que Jair Bolsonaro manifestava apoio a movimentos de policiais antes de ser eleito presidente.
16/10/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.