Quarta-feira
12 de Dezembro de 2018 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acessar seu processo.

Notícias

Gestão de resíduos da RMR é abordada em reunião da Comissão de Meio Ambiente

Os detalhes da gestão dos resíduos sólidos na Região Metropolitana do Recife (RMR) foram apresentados, nesta quarta (7), à Comissão de Meio Ambiente da Alepe por representantes da Secretaria das Cidades de Pernambuco. Atualmente, dois aterros sanitários privados – em Jaboatão dos Guararapes e Igarassu – são utilizados por quase todos os municípios da RMR, com exceção de Ipojuca, que tem aterro próprio, e Camaragibe, que ainda destina os resíduos para um lixão, com previsão para ser desativado em abril. De acordo com o secretário executivo das Cidades, Nelson Menezes, a Região Metropolitana do Recife é bem servida de aterros, mas é urgente investir nos demais processos. “Na parte de destinação, já estamos bem. O problema é na segunda fase, de coleta seletiva”, explicou. “Estamos desperdiçando 20% dos resíduos sólidos que poderiam ser aproveitados de maneira economicamente viável para gerar empregos, por exemplo.” Menezes também destacou a necessidade de firmar um consórcio entre os municípios da metrópole, a fim de tornar a gestão dos resíduos sólidos mais eficiente. “Isso faria com que eles ficassem mais fortes, pois negociariam um volume maior de resíduos, e o preço sairia menor. Esse seria o desafio da parte econômica das prefeituras”, acredita o gestor. Parlamentares salientaram a dificuldade de gerir os resíduos sólidos no Interior, devido ao alto custo dos aterros sanitários. Para o deputado Henrique Queiroz (PR), as cidades de menor porte devem investir em coleta seletiva. “Dessa forma, desativa-se o lixão, ou seja, interrompe-se a mistura do lixo e a catação, porque busca-se o resíduo nas residências. Os donos da casa e as empresas serão parceiros nossos para isso”, afirmou. “Defendo que a Comissão trilhe esse caminho.” O colegiado, presidido pelo deputado Zé Maurício (PP), também distribuiu dois projetos de lei na reunião desta manhã. Ainda neste mês, no dia 21, a Comissão de Meio Ambiente pretende visitar a Lagoa da Boa Ideia, no bairro de San Martin, Zona Oeste do Recife.
07/03/2018 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.