Segunda-feira
22 de Julho de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acessar seu processo.

Notícias

Alepe reverencia Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

O  Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, comemorado em 10 de junho, foi celebrado pela Assembleia Legislativa em Reunião Solene na noite desta quarta (12). A data se refere à morte do poeta português Luís Vaz de Camões, no ano de 1580. No Brasil, o dia é festejado em várias cidades, como o Rio de Janeiro e São Paulo. “Fazendo parte de nossa história como antiga colônia portuguesa, onde residem milhões de lusodescendentes, essa data mostra-se de grande importância para a comunidade brasileira”, observou o deputado Lucas Ramos (PSB), autor do requerimento da homenagem. O parlamentar ressaltou que o Estado tem relação com Portugal desde a época do primeiro donatário da Capitania de Pernambuco, Duarte Coelho, no século 16, quando as primeiras famílias dessa nação se instalaram no território. “Ao longo dos anos, sucessivas famílias vieram para nosso Estado e construíram um significativo legado, com influências na arquitetura, na música e em nossa língua. Os portugueses também foram importantes para difundir o hóquei sobre patins, na década de 50, consequência dos imigrantes que já praticavam o esporte”, enfatizou. Ramos salientou a contribuição dos portugueses para a formação social de cidades do Sertão do São Francisco, Araripe e Pajeú. “Quase 40 famílias saíram das regiões do Douro e do Minho, como os Aguiar, Alencar, Alves, Araújo, Brito, Brandão, Carvalho, Sá, Guimarães, Lustosa, Machado, Menezes, Novaes, Oliveira e Sampaio.” “O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas representa um vetor de integração nacional e é saudado por nós, povos irmãos, como nos consideramos”, declarou o deputado João Paulo (PCdoB), que presidiu a cerimônia. Em seu discurso, o parlamentar citou a extensa influência lusitana pelo mundo, além do Brasil: Guiné-Bissau, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e Guiné Equatorial. Observou, também, que o idioma português é falado por cerca de duzentos e oitenta milhões de pessoas no planeta. O presidente do Conselho da Comunidade Portuguesa de Pernambuco, Vicente Miranda Reis de Melo, recebeu da Assembleia uma placa comemorativa. “Esta homenagem é motivo de muito orgulho, pois a comunidade aqui no Estado, modéstia à parte, sempre se distinguiu pelas lideranças, pelos esforços, pelo trabalho que despendeu ao longo do tempo. O nosso grande lema é passar esse legado aos lusodescendentes”, afirmou, ao elencar como exemplos dessa herança o Gabinete Português de Leitura, o Hospital Português, o Clube Português do Recife, o Clube Esportivo Almirante Barroso e o próprio Conselho da Comunidade. O vice-cônsul geral de Portugal no Recife, Marco Ferreira de Melo, destacou que a Reunião Solene deixa a comunidade bastante orgulhosa. “Ela sempre esteve presente, de forma construtiva e bastante ativa, no progresso e no desenvolvimento de Pernambuco.” Segundo informou, a data é comemorada em todos os países em que há comunidades portuguesas expressivas. Durante a solenidade, houve apresentação de fado da cantora Kely Cristine Espindola.  
12/06/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.